Redes Sociais

Campanha da Fraternidade tem foco na segurança pública

16 Fevereiro 2018 12:06:00

A Conferência Nacional dos Bispos (CNBB) lançou na última semana, a Campanha da Fraternidade 2018, que tem como tema 'Fraternidade e Superação da Violência' e como lema 'Em Cristo Somos Todos Irmãos' (Mt 23,8). O texto base da Campanha aponta formas e tipos de violência no Brasil, com destaque às praticadas contra negros, jovens e mulheres.

REDAÇÃO FOLHA REGIONAL
Foto: Vanderleia Pereira/ FR

Na Diocese de Tubarão, o estudo sobre a CF 2018 contou com a presença de lideranças leigas e religiosas das 28 paróquias dos 19 municípios pertencentes à diocese. O seminário contou com testemunhos de pessoas que foram recuperadas das drogas através de trabalhos de voluntários e orientações sobre a Campanha da Fraternidade com discussão sobre o que está ao alcance para melhorar o índice de segurança.  

Na opinião do professor Maurício da Silva, presidente do Conselho Municipal de Segurança de Tubarão (Conset), a segurança é algo que deve ser prevenida na sua maioria, impondo limites e regras dentro de uma educação onde se prega os valores da pessoa. "Um ambiente que não tem regras e normas não tem valores, são locais que proporcionam que os jovens se desgarrem da família, da igreja, da escola... e ficam vulneráveis para entrar no mundo das drogas e, consequentemente, da violência", destaca o professor, que ainda ressalta a importância dos municípios oferecerem espaços gratuitos para a prática de esportes, lazer e cultura. "Há muitos estudos mostrando que quando os jovens estão envolvidos com a escola, lazer ou esporte, dificilmente se envolvem com drogas", conclui.

De acordo com o bispo diocesano, Dom João Francisco Salm, a Igreja precisa entrar numa discussão com o objetivo de atender a todos, principalmente os mais necessitados. "Uma afirmação de Jesus que é tema campanha da fraternidade nos diz: 'vós sois todos irmãos'", lembra Dom João, que ainda continua. "Precisamos trabalhar as questões educação e vida familiar, já que muita violência tem origem na família, e com uma boa educação e boas campanhas podemos fazer com que muitas pessoas mudem de mentalidade e, consequentemente, mudem de vida", destaca.

No lançamento, além de testemunhos apresentados, também foi aberto à discussão para sugestões de trabalhos em nível paroquial e diocesano, que possam contribuir com a segurança pública nos municípios. Uma das ideias é convocar as lideranças políticas para uma discussão sobre investimentos em políticas públicas a serem implantas, tais como esportes, lazer e cultura com o objetivo de uma ampla participação da sociedade, especialmente de crianças, jovens e adolescentes.

Lançamento nas paróquias

O lançamento da CF 2018 nas paróquias ocorreu durante a missa de Quarta-feira de Cinzas. Na Paróquia de Jaguaruna haverá um estudo sobre a Campanha da Fraternidade envolvendo lideranças de pastorais, movimentos e associações e líderes dos grupos de famílias na próxima quinta-feira, dia 22, no centro pastoral da matriz, a partir das 19h30min. "Precisamos de políticas públicas que ajude as pessoas a superar e a assegurar seus direitos. É preciso que caminhemos de mãos dadas, essa é a melhor forma desta campanha surtir efeitos positivos na sociedade", destacou o pároco, padre Avelino de Souza.

Confira as entrevistas em áudio com o bispo da Diocese de Tubarão, Dom João Franscico Salm, e com o presidente do Conselho Municipal de Segurança de Tubarão (Conset), professor Maurício da Silva.



















marcelo-site-ok.png
web-tv-ok-para-o-site.png

Rua Apóstolo João Evangelista, 211 – Loteamento Parque dos Pássaros – Riachinho- Jaguaruna – SC – CEP 88715-000 – (48) 3624-1489