Redes Sociais

Projeto Passos APAExonados: parceria que deu certo

Você provavelmente conhece alguém que possua alguma deficiência física ou cognitiva.

REDAÇÃO FOLHA REGIONAL
Foto: Vanderleia Pereira/ FR

Ela tem movimentos limitados, pouca interação social e não consegue andar sozinho. Mas com a equoterapia, é possível ir além. A equoterapia é um método terapêutico que se utiliza de cavalos para ajudar na reabilitação. 

Em Jaguaruna, uma parceria entre a Apae e o CTG Estância do Retiro vem dando bastante certo, o Projeto "Passos APAExonados", um sonho antigo de muitos jaguarunenses que se tornou realidade, principalmente dos portadores de necessidades especiais. O objetivo do Projeto é habilitar e/ou reabilitar crianças e adultos com necessidades especiais a partir dos estímulos promovidos pelo cavalo, junto aos conhecimentos da equipe multidisciplinar.

Este apoio profissional vem da Apae e sua equipe de profissionais, com a fisioterapeuta Juliana Daltoé; psicóloga, Karen Xavier; terapeuta ocupacional, Leidiane DalForno; fonoaudióloga, Ana Luiza Carvalho e pedagoga, Leane Alves. Colaboram ainda o funcionário da Apae, Marcos Frasson, como puxador e o senhor Dejair Ferreira como puxador-voluntário, que também doou as duas éguas do Centro de Treinamento "Cheiro de Potro", sendo que os animais passaram por uma seleção e treinamento prévio para a o trabalho específico com a equoterapia.

Os processos de avaliação e liberação dos praticantes da equoterapia iniciaram em fevereiro e os trabalhos em maio deste ano, onde dezessete crianças e adultos com idade entre dois e 35 anos, são atendidos semanalmente. "Em tão pouco tempo, os resultados já são importantíssimos, pois, ao utilizar o cavalo como terapia, damos aos praticantes a oportunidade da superação de limites e descobertas de potencialidades, além de elevar a autoestima e qualidade de vida das pessoas com necessidades especiais", frisa a fisioterapeuta Juliana, que explica sobre os benefícios do tratamento. "Para se ter uma ideia dos benefícios, durante um único passo do cavalo, são gerados doze diferentes movimentos que são transmitidos aos praticantes, então, em uma sessão de meia hora, tempo máximo a cada atendimento, temos uma média de 21.600 ajustes tônicos em cada atendimento, o que torna essas sessões altamente intensas e qualificadas".

A mãe do aluno João Vitor da Silva Machado, portador de paralisia cerebral, Maria das Dores da Silva Machado, está bastante satisfeita com o progresso do filho. "Estamos vendo muitos resultados no meu filho. Ele nunca levantou da cama sozinho. Agora, com apenas quatro meses de equoterapia, ele está levantando e caminhando até fora do quarto sozinho. Estou muito agradecida".

O patrão do CTG, Agnaldo Serafim, destaca a importância da parceria com a Apae. "Me sinto muito feliz por ser patrão num momento tão bonito do CTG Estância do Retiro, que juntamente com o trabalho de toda diretoria está realizando um sonho muito antigo, a implantação do Projeto de Equoterapia, e desta forma influenciar e melhorar a qualidade de vida de muitas famílias. Na verdade, isso é uma forma de retribuir para a sociedade todo apoio que o CTG sempre teve, e assumir também o papel social da nossa entidade".

Para quem deseja conhecer de perto o Projeto "Passos APAExonados", basta se dirigir até o CTG Estância do Retiro, na comunidade de Riachinho, todas as quintas-feiras, no período da manhã e da tarde.

Confira nossa galeria de fotos, CLIQUE AQUI

















marcelo-site-ok.png
web-tv-ok-para-o-site.png

Rua Apóstolo João Evangelista, 211 – Loteamento Parque dos Pássaros – Riachinho- Jaguaruna – SC – CEP 88715-000 – (48) 3624-1489