Redes Sociais

Municípios unificam horário de atendimento em busca de redução de gastos

09 Novembro 2018 09:06:02

Sistema já é adotado pela maioria dos municípios associados da Amurel.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA AMUREL
Foto: Arquivo/ FR

O Horário Brasileiro de Verão 2018-2019 começou às 00h deste domingo, 04. Além das mudanças habituais que o adiantamento do relógio durante as estações do verão e primavera provoca nas pessoas, desta vez, o Horário Brasileiro de Verão vai trazer mudanças específicas para a população de vários municípios da Amurel. É que os prefeitos destas cidades decidiram adotar um turno único de trabalho em suas secretarias de Obras/ Infraestrutura, de seis horas ininterruptas. Este sistema já é adotado pela maioria dos municípios associados da Amurel. A medida foi tomada na quinta-feira (1), e foi um dos diversos temas tratados na assembleia dos prefeitos da Amurel. "Os municípios vêm sucessivamente tendo quedas na arrecadação, seja de recursos oriundos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), seja das outras fontes. Mas as despesas não diminuíram, e para fechar as contas é preciso reduzir gastos. Os prefeitos entendem que diminuir a jornada de atendimento nestas secretarias trará reduções de gastos com combustíveis, folha de pessoal, energia, telefone, entre outros itens, e isso vai impactar positivamente no reequilibro das contas", justificou o presidente da Amurel e prefeito de São Martinho, Robson Jean Back. 

Santa Rosa de Lima: já trabalha no expediente reduzido de seis horas (07h às 13h);

Rio Fortuna: já trabalha no expediente reduzido de seis horas (07h às 13h);

Gravatal: expediente das 07h às 12h, expediente já foi reduzido;

Imaruí: expediente de oito horas até final do mês de outubro. Em novembro fará expediente único.

Sangão: expediente a partir do horário de verão será reduzido para seis para horas diárias.

Pescaria Brava: expediente já é normal de seis horas diárias até dezembro;

Tubarão: os trabalhos da secretaria de Infraestrutura serão reduzidos em função das dificuldades financeiras, ação deve acontecer na próxima semana.

Armazém: terá redução no expediente, a partir da entrada em vigor do horário de verão, ou seja passará para seis horas diárias;

São Martinho: terá redução no expediente a partir da entrada em vigor do horário de verão, ou seja, passará para seis horas diárias;

Grão Pará: trabalha expediente de oito horas diárias e esta semana fará reunião para decidir se haverá redução do expediente.

Braço do Norte: continua expediente normal (oito horas), mas fará análise nos próximos dias da situação.

Imbituba: falta definir.

13. São Ludgero expediente oito horas diárias, sem previsão de redução.

14. Pedras Grandes: expediente normal oito horas. Vai analisar mês a mês situação e fluxo de caixa, mas a princípio será normal até dezembro;

15. Treze de Maio: expediente normal até final de novembro como de costume, retornando aos trabalhos em fevereiro.

16. Jaguaruna expediente normal, com intensificação dois trabalhos em função do verão, aumentando fluxo de turista.

17. Capivari de Baixo expediente normal até dezembro.

18. Laguna expediente continua normal de seis horas, não haverá redução.



















marcelo-site-ok.png
web-tv-ok-para-o-site.png

Rua Apóstolo João Evangelista, 211 – Loteamento Parque dos Pássaros – Riachinho- Jaguaruna – SC – CEP 88715-000 – (48) 3624-1489