Redes Sociais

Madeireiros apostam no mercado exterior para expandir os negócios

Qualificar e preparar indústrias do setor madeireiro para exportação de casas pré-fabricadas, melhorando a expansão do mercado e o faturamento das empresas, potencializando a geração de emprego e renda na região.

REDAÇÃO FOLHA REGIONAL
Foto: Marcelo Becker/Decom/PMT

Com este objetivo, empresas do setor constituíram o consórcio CS Amurel buscando se unir para obter mais competividade no mercado exterior. Cada empresa pode produzir e vender os kits casas prontas, de acordo com a capacidade de cada uma. O empresário jaguarunense, Ermisson de Souza Pacheco, destaca que desta forma as empresas se ajudam, buscando o mercado exterior como uma forte alternativa de ampliar os negócios. "De concorrentes passamos a ser parceiros, unindo forças para melhorar a competição e proporcionar mais emprego e renda para a região", avalia o empresário.  

Cinco empresas iniciaram o consórcio, três de Jaguaruna e duas de Tubarão. O presidente do consórcio, Rogério Medeiros Menegaz, frisa a importância da união das empresas. "Esperamos gerar mais emprego e renda, pois temos disponível a matéria-prima, que seria o eucalipto e o pinus, além da mão de obra qualificada, então a ideia de vender kits, casas de madeiras e justamente agregar valores, desenvolvendo um projeto para suprir vários países, atendendo uma grande demanda, se fôssemos fazer através de uma empresa sozinha, não conseguiríamos".

Para o vice-presidente da Regional Litoral Sul, o empresário Alexsandro da Cruz Barbosa, a criação do consórcio ajusta um programa que já vinha sendo discutido em 2018. "A nossa região é muito bem servida neste segmento e através do Sindimad, em parceria com a Fiesc, temos ajustado o programa deste o ano passado e com isso seguimos na direção da principal bandeira da atual direção da Fiesc, que é o tema internacionalização".

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, pretende estimular dez setores econômicos a exportarem e o ramo madeireiro é um deles. O secretário, Lucas Esmeraldino, destaca a união das empresas. "Quero dar os parabéns a todos os madeireiros que se uniram, quando me procuraram já estavam com as tratativas bem adiantadas e me colocaram a intenção de exportar para o mundo, achei muito interessante e isto me encantou. A nossa intenção é de colocar Santa Catarina para o mundo", frisa Lucas, que continua. "Os olhares do mundo estão para o Brasil e Santa Catarina é um estado que se destaca, vai gerar mais emprego, mais renda, é isto que a secretaria do desenvolvimento quer fazer".

O evento realizado nesta segunda-feira, 10, na sede da Associação Empresarial de Tubarão (ACIT), além dos madeireiros da região ligados ao consórcio, contou com diversas autoridades e prefeitos da região, deputado estadual Volnei Weber, presidente da Fiesc, Mário Cesar de Aguiar, e representantes do Sebrae.



















marcelo-site-ok.png
web-tv-ok-para-o-site.png

Rua Apóstolo João Evangelista, 211 – Loteamento Parque dos Pássaros – Riachinho- Jaguaruna – SC – CEP 88715-000 – (48) 3624-1489