Redes Sociais

Infiltrações comprometem atendimento na UBS do Riachinho em Jaguaruna

11 Junho 2019 18:49:00

Inaugurada dia 20 de novembro de 2015, a Unidade Básica de Saúde do bairro Riachinho, em Jaguaruna, veio como um avanço para a saúde dos moradores locais e comunidades vizinhas.

REDAÇÃO FOLHA REGIONAL
Foto: Jorge Pereira/ FR

A unidade de saúde é responsável pelo atendimento básico de aproximadamente 2.900 pessoas das comunidades de Riachinho, Arroio Corrente, Morretes e parte da região central. Aparentemente, a edificação demonstra boa estrutura para o atendimento, mas no dia-a-dia não é o que acontece. Funcionários da unidade reclamam que as infiltrações constantes em dias de chuva são visíveis, prejudicando de forma direta o atendimento, com o cancelamento de consultas e o mal funcionamento de equipamentos.   

Por precaução de evitar alguma retaliação, funcionários não quiseram gravar entrevistas, mas moradores gravaram vídeos e registraram fotos de goteiras no interior do prédio. Nossa equipe também constatou o estrago feito pelas infiltrações. Neste período de chuvas intensas, até a instalação elétrica apresentou problemas e funcionários relataram que três computadores ficaram parcialmente danificados.

Ao ser questionada sobre as condições de atendimento na unidade, a secretária de Saúde do município, Daniela Rodrigues Nunes Garcia, disse que os computadores já estão sendo providenciados, e esta semana já estarão disponíveis aos colaboradores da saúde. Quanto às infiltrações, segundo a secretária, a empresa Crema Engenharia, responsável pela construção do prédio, está sendo notificada e tem a responsabilidade de consertar. "Nós estamos notificando a empresa judicialmente, porque a obra ainda está na garantia e o município não pode arcar com este custo, haja vista que a empresa é responsável pela construção", justifica Daniela.

Nossa equipe também entrou em contato com a empresa Crema Engenharia. A resposta que tivemos é que o município de Jaguaruna ainda tem uma dívida a quitar referente a construção da unidade. Ao ser novamente questionada, a secretária Daniela comentou que a dívida pouco passa dos R$ 32 mil reais, e muito embora seja da outra administração, não está negando a conta, mas a empresa precisa vir consertar as infiltrações. A empresa não revelou o valor da dívida, mas disse que é maior. Fizemos contato com o ex-prefeito Luiz Napoli, que inaugurou a obra em sua gestão no ano de 2015. Luiz disse que a empresa ficou com alguns compromissos a saudar referentes à construção, por isso a dívida não foi saudada em sua gestão. "Nós pagamos aproximadamente 95% referente à construção da unidade de saúde, mas a empresa deixou de fazer a conclusão de muros e outros detalhes, que agora não me recordo mais o que era. Quanto à dívida, sei que chegava aos 36 mil reais, não passava disso".

O vice-presidente do conselho local de saúde, Mário Ferreira, nos informou que o conselho estará se reunindo na próxima semana e que alguma atitude mais drástica estará sendo tomada. "Já estamos cobrando esta situação há mais de 60 dias. A empresa alega que não vai consertar porque não recebeu integralmente a construção e a prefeitura alega que não vai pagar se a empresa não consertar, então se for necessário vamos apelar para o ministério público, porque as infiltrações estão inviabilizando o atendimento, já que são visíveis em todas as partes", disse o conselheiro.



Imagens


















marcelo-site-ok.png
web-tv-ok-para-o-site.png

Rua Apóstolo João Evangelista, 211 – Loteamento Parque dos Pássaros – Riachinho- Jaguaruna – SC – CEP 88715-000 – (48) 3624-1489